Crítica - Batman vs Superman entrega tudo o que os fãs queriam, mas pode falhar com o público geral


Finalmente chegou a hora. Depois de esperar a minha vida toda, hoje eu vi a maior batalha de gladiadores da história. Se o filme foi bom ou não, em diferentes aspectos, vamos discutir isso agora.

Batman v Superman começa com a melhor cena da morte dos Wayne que você vai ver nas telonas. É uma cena emocionante e muito bem construída desde o começo até quando ela finaliza para o início de outra sequência incrível logo após. Depois disso, o filme apesar de mostrar tudo com muita calma e muito cuidado, demora um tempo considerável na apresentação de personagens como Lex e Batman. Se eu achei isso um problema ? Nem um pouco.
Posso facilmente dizer que minha parte favorita do filme (Pelo menos do que diz respeito a essa primeira vista) é o primeiro ato. Mas devo avisar que se você quer ver o circo pegar fogo logo de uma vez, é provável que você não goste muito da lentidão em que isso acontece. Terrio aqui tem um roteiro tão preciso quanto o de Argo, mas infelizmente é atrapalhado pela má execução de construção de personagens de Snyder.
Algumas cenas, como o Cross Fit de Bruce, poderiam ser facilmente retiradas para o bem maior de um diálogo que citasse a brutalidade de Batman pós a perda de Robin. Assim, você faz um gancho perceptível pro próximo filme e ainda dá mais ênfase na cena do uniforme.
Batman, apesar de sofrer com exageros pequenos de Snyder, ganha sua melhor versão para as telas de cinema. Desde o uniforme até a postura, o personagem transpassa os vinte anos em Gotham que ele diz ter vivido. Assim como Bruce se mostra frágil como homem quando sua paranoia acerca da morte dos pais toma conta de seu ser. Inclusive uma dessas paranoias é sensacional. E Alfred (Em uma interpretação magistral de Irons) tenta apontar que não é apenas o morcego que faz o bem.
Henry Cavill na minha opinião entrega muito mais do que eu esperava pro Superman desse filme. Se em Homem de Aço ele parecia perdido no mundo, aqui ele não sabe se o lugar que escolheu é o certo. E seus suportes femininos (Lois e Martha) são o que ajudam na entrega de um Superman menos perfeito e mais próximo do que sentimos por nossas famílias em momentos de dúvida. Mais humano.
Todo o arco do personagem, inegavelmente trabalha com a redenção. Não só pelo fato da briga entre ele e o General Zod no último filme, mas sim pelo que esse super ser deve fazer em um mundo que não o merece e que não o entende. Não tome como literal, mas basicamente ele lembra muito o Dr. Manhattan.
Talvez pela melhora desse Superman, Jesse Eisenberg entregue um Lex Luthor tão distante de sua contraparte dos quadrinhos, mas que ainda assim, mantém a essência de um homem que possui um certo complexo de inferioridade.
E é realmente muito difícil dizer que o filme falha bastante em alguns aspectos. Deixe-me dar um exemplo : A cena do deserto, aquela em que o símbolo ômega aparece no chão, é uma cena que se você não partilhar do conhecimento que alguns dos fãs possuem, vai ficar perdido.

Ela não é nem explicada. Eu entendo que a explicação deve vir pra Liga da Justiça, mas mesmo assim isso não tira a necessidade de introduzir esses personagens a públicos que desconhecem seu material de origem. Zack Snyder entrega uma cena linda para faz de quadrinhos e conhecedores gerais. No mais, pro resto é apenas uma cena.
Meu segundo problema com o filme é com os exageros do diretor.
O terceiro ato em determinado momento, te faz pensar que o filme mudou. Que o filme já não é mais o mesmo que o dos dois atos anteriores. E é aí que ele volta a cometer erros de MoS. A destruição dessa vez não mata ninguém pelo visto. Já que tudo é explicado no roteiro pra que isso fique bem claro. No entanto, sinto que algumas coisas foram decisões bobas para agradar fãs de cenas de ação.
A melhor coisa dessas cenas é ela, claro. A Mulher Maravilha chega a dar arrepios em qualquer um quando seu tema sobe e ela mostra seu poder. E mais, ela mostra sua saudade das brigas. Gal surpreende e entrega em poucas linhas uma personagem com experiência e vigor, que provavelmente deve disputar com o Batman de Ben Affleck o título de filme solo mais esperado.
E se você está se perguntando sobre os outros membros da Liga, isso vai ficar pro texto com spoilers. Eu só digo que não consigo expressar o quanto fiquei feliz com a aparição do Flash.

Bom
Consenso Batman vs Superman : A Origem da Justiça entrega tudo o que prometeu nos trailers e mais muitas surpresas para fas que estiveram esperando por isso a muito tempo. Cenas de ação empolgantes ao estilo Zack Snyder e visuais estonteantes também ajudam na graça do filme, que não para nem por um segundo. Porém, os cortes mal feitos e as falhas no roteiro, podem decepcionar e confundir os demais que procuram um início na mitologia desses grandes ícones.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »