Por que "The Batman" vai ser o melhor filme do DCEU


Há alguns anos atrás, pra ser mais específico em Agosto de 2013, a internet presenciou um dos maiores - se não o maior - hate em um casting na história. A Warner Bros. tinha acabado de anunciar que Ben Affleck, aquele mesmo carinha que tinha feito Demolidor dez anos antes, seria o Batman na até então continuação de O Homem de Aço. Se você acompanhava ou não páginas e grupos sobre cultura pop, ficou por dentro dessa onda de ódio também. Até quem não se importava foi pro meio e na época, inventaram até uma petição pra tirar o cara do papel.

Mas o tempo passou, o mar se acalmou e de repente: BOOM!

Não só Ben foi um puta Batman, como mudou a cabeça de praticamente 98% das pessoas que odiaram quando ele foi escolhido. Uma interpretação sólida e muito convincente, baseada no que vimos do Batman pelas mãos de Frank Miller. Mas calma, a ideia aqui não é falar o que você já viu e sim o que nós poderemos ver em breve.

Se pararmos um minuto pra analisar todo o cenário polêmico de anúncios que a DC vem fazendo, de filmes solo com o Pistoleiro e a Arlequina, é uma aposta bem segura dizer que o Batman de Ben Affleck deve ser o melhor filme desses que já se esperam. Pra qualquer um que entende de cinema, ou seja um estudante da área de produção como eu, sabe como os filmes do diretor são bem estruturados, escritos, montados e filmados.


Não sei se todos conhecem ou estão no mínimo familiarizados com o método KISS. E não, não tô falando da banda e muito menos da bala, e sim de um termo criado na década de 60 por um engenheiro norte-americano. KISS é uma sigla pra "Keep it simple, stupid" que pode ser traduzida ao pé da letra como "Mantenha simples, estúpido". Mas em dialeto nacional, poderíamos simplesmente dizer que menos é mais. Correlacionando ambos, não é preciso muita pesquisa pra ver que Affleck gosta de filmes menores. Filmes sem grandes explosões ou com muitos efeitos especiais. Na verdade, é notável sua preocupação em tornar o ambiente um ser vivo, que também faz parte da história. Que também ajuda na narrativa. E é só disso que o Batman precisa. Um filme menor.

Pra quem tem mais de vinte ou quinze anos, já deve estar familiarizado com o fan film "Batman: City of Scars". Mas caso você não esteja, assiste aqui e depois continua lendo.  O filme tá legendado, então caso não fale inglês, aproveite:


Viram como um bom filme do Batman não precisa de nada muito grandioso? Como tudo pode ser íntimo, simples e bem primordial em termos de cenário e ambientação? É isso que eu aposto que Ben vai fazer. Se assistirem o trailer do novo filme dele - que eu aposto que vai ganhar Oscar - vão perceber que tudo é muito pequeno, mas tudo é muito grande. Prestem atenção na direção de arte e na ambientação. Principalmente na ambientação, já que como o filme se passa algumas décadas atrás, tudo tem que estar perfeitamente consistente. Presta bem atenção nisso:


E é por isso, por todas as razões e evidências apresentadas que eu asseguro que The Batman vai ser o melhor filme da DC. Olhem o personagem e olhem o diretor, que por sinal é fanboy do personagem. Talvez seja até mais que eu. Agora, Ben Affleck é a estrela do universo DC. E eu posso com certeza dizer que se Christian Bale e Chistopher Nolan foram o que precisamos, Ben Affleck é com certeza o que merecemos.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »